Copy
Newsletter - Palha de cana para cogeração de energia
View this email in your browser

Edição No. 02 - Fevereiro de 2016

Uso da palha de cana-de-açúcar para cogeração de energia: questões fundamentais do Projeto SUCRE

Estudos realizados nas últimas décadas mostram que o aproveitamento industrial da palha de cana-de-açúcar pode gerar até 70% de eletricidade adicional exportável ou cerca de 40% a mais de etanol por tonelada de cana. Entretanto, a falta de uma tecnologia comercial fez as usinas utilizarem soluções próprias, adaptadas de outros processos agrícolas. Este feito dificultou um desenvolvimento pleno e acelerado devido ao grande número de alternativas em uso, assim como seus problemas específicos. A falta de informações organizadas e confiáveis adiciona complexidade à busca de solução para os problemas do uso da palha na indústria de cana-de-açúcar.

O projeto SUCRE (Sugarcane Renewable Electricity) foi idealizado para responder as principais perguntas que pairam no ar sobre essa temática:

  • Qual é o volume de palha que realmente existe em cada usina estudada e quais são os critérios para o recolhimento sustentável?
  • Quais são as formas mais eficientes de recolher, transportar e processar a palha para que esta chegue em quantidade, qualidade adequada e custos viáveis na entrada das caldeiras?
  • Quais são as barreiras e gargalos relacionados ao Marco Regulatório atual e às modalidades de negócio e contratos de venda de eletricidade?
Leia a Matéria na Íntegra

Edições
Anteriores

Leia as matérias publicadas em Newsletters anteriores do SUCRE:

1. Custos de recolhimento da palha
2. Início do Projeto SUCRE
Copyright © 2016 | CTBE/CNPEM. Todos os direitos reservados.
Você pode alterar preferências de recebimento ou cancelar inscrição nesta lista

Email Marketing Powered by Mailchimp